As festas no Brasil colonial

Front Cover
Editora 34, 2000 - Brazil - 173 pages
1 Review
Neste 'As Festas no Brasil Colonial', o que temos é uma história do Brasil a partir dos eventos públicos que marcaram a cultura da América Portuguesa. Da carta de Caminha à Independência, Tinhorão nos conduz ao longo de quatrocentos anos de história, da implantação do aparato administrativo e religioso português, com a primeira missa, ao surgimento das criações populares como o Carnaval. Segundo o autor, desde a chegada de Cabral, as festas no Brasil se caracterizaram pela forma autoritária com que se deu a transposição dos valores ibero-europeus- oficiais e religiosos- à cultura indígena e crioula, e, ao mesmo tempo, pela incapacidade do poder colonial de controlar a participação popular nos eventos públicos, constituindo aquilo que o pesquisador chama de 'oportunismo lúdico' do povo miúdo, governados, fregueses e, por vezes, escravos.
  

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Related books

Contents

Introdução
7
Terra para conhecer e tam bem pera folgarmos
13
órfãos da Europa meninos da terra
23
Moradores mazombos festas convívios e cantares
39
O torneio das cavalhadas nas festas da corte
47
o boi voador
53
festa e teatro para o povo
67
O auto democrático da procissão do Corpo de Deus
79
Os desfiles simbólicos do poder
105
O povo miúdo nas festas da fé
117
Século XIX
127
Família diversão européia
133
Perdida a música as festas continuam
151
Fontes e bibliografia
160
Bibliografia geral
166
Copyright

Negro em festa ruda
87

Common terms and phrases

References to this book

All Book Search results »

Bibliographic information