Contos tradicionaes do povo portuguez: com um estudo sobre a novellistica geral e notas comparativas (Google eBook)

Front Cover
Livraria Universal - Tales
0 Reviews
  

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Selected pages

Common terms and phrases

Popular passages

Page 61 - Que é a cousa mais barata Qu'eu de lá posso trazer. E estes ovos chocarão; Cada ovo dará um pato, E cada pato um tostão, Que passará de um milhão E meio, a vender barato. Casarei rica e honrada Por estes ovos de pata, E o dia que for casada Sairei ataviada Com um brial d'escarlata.
Page 61 - Vou-me á feira de Trancoso Logo, nome de Jesu, E farei dinheiro grosso. Do que este azeite render Comprarei ovos de pata, Que he a cousa mais barata Qu'eu de lá posso trazer. E estes ovos chocarão ; Cada ovo...
Page 139 - Isso está claro (respondeu o cego), porque faltandote eu primeiro no contracto comendo a pares, tu te calaste, sem me requereres tua justiça; e não eras tu tão santo, que me levasses em conta nem em silencio a minha sem razão, senão pagando-te em dobro pela calada.
Page 138 - ... tratou de o assegurar logo repartindo igualmente com o seu moço que o guiava, e para isso concertou com elle que o comessem bago e bago alternadamente; e depois de quatro idas e...
Page 33 - Lopez travou do filho e nom lho quiz leixar filhar: e ella rrecudio com a filha por huuma freesta do paaço e foysse pera as montanhas em guisa que a nom virom mais nem a filha.
Page 221 - Suelen los muchachos antes de comenzar un cuento, o consexa, decir : érase lo que era : el mal que se vaia, y el bien que se venga ; el mal para los moros, y el bien para nosotros; así parece que imitan la forma de Plutarco in Symposiaco, 6.
Page 129 - Que usasse das riquezas como nobre, e favorecesse a velhice de quem o criára, e honrasse aos pequenos irmãos que tinha; que fosse proveitoso aos amigos e parentes, benigno aos pobres, e se não captivasse ao trabalho de enthesourar riquezas sem fructo.
Page 131 - ... devagar no seu aposento abriu as arcas e os sacos em que lhe parecia que estava a sua bem-aventurança; e, vendo o engano da areia e seixos que dentro tinham, começou a gritar com 20 grandes lamentações e brados, a que primeiro que todos acudiu o generoso velho, perguntando-lhe que tinha?
Page 31 - E huum dia ouve sas rrazões com ellas e disselhes que lhe dissessem 5 verdade quall dellas o amava mais. Disse a mayor que nom auia cousa no mundo que tanto amasse como elle, e disse a outra que o amaua tanto como ssy meesma, e disse a terçeyra, que era a meor, que o amava tanto como deve d'amar filha a padre.
Page 151 - O cão pediu ao lobo que o ensinasse a uivar, eo lobo pediu-lhe que o ensinasse a farejar. O lobo ensinou-o a uivar, mas quando lhe pediu que o ensinasse a farejar, o cão disse : Se te eu ensinasse a farejar, A

Bibliographic information