A era dos festivais: uma parábola

Front Cover
Editora 34, 2003 - Brazil - 523 pages
3 Reviews
Realizado em 1960, 0 1.Festival da Record assinalou o início de um dos períodos mais criativos da Música Popular Brasileira e que seria conhecido na crônica musical como ́a era dos festivais ́. Foi nessa época em que a bossa nova convivia com o samba e o iê-iê-iê, a Tropicália se afirmava ao lado da canção de protesto, que surgiram os talentos de Chico Buarque, Gilberto Gil, Caetano Veloso, os Mutantes e dezenas de outros cantores e compositores. Neste livro, Zuza Homem de Mello, testemunha ocular do que se passava nos palcos, bastidores e coxias, narra a história desses anos incríveis em que não apenas a música, mas toda a cultura brasileira passava por transformações.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Prólogo
9
Canção do Pescador I Festival da TV Record 1960
13
Arrastão I Festival da TV Excelsior 1965
31
Porta Estandarte II Festival da TV Excelsior 1966
75
A Banda e Disparada II Festival da TV Record 1966
95
Saveiros I FIC7TV Rio 1966
147
Ponteio III Festival da TV Record 1967
171
Margarida II FK7TV Globo 1967
223
Cantiga por Luciana IV FK7TV Globo 1969
335
Sinal Fechado V Festival da TV Record 1969
351
BR3 V FICTV Globo 1970
367
Kyrie VI FK7TV Globo 1971
391
Fio Maravilha e Diálogo VII FICAFV Globo 1972
413
Ficha técnica dos festivais
437
Discografia da Era dos Festivais
492
Bibliografia
503

Lapinha I Bienal do Samba da TV Record 1968
251
Sabiá III FICATV Globo 1968
271
São São Paulo Meu Amor IV Festival da TV Record 1968
303
Agradecimentos
506
índice onomástico
508
Copyright

Common terms and phrases

References to this book

All Book Search results »

Bibliographic information