Afinal, o que viemos fazer em Paris?

Front Cover
GLOBO, 2007 - 341 pages
'Afinal, o que viemos fazer em Paris?' conta a história de um jovem jornalista que, em 1972, quando o Brasil vivia a pior fase da ditadura militar, foi para Paris para fugir da atmosfera que havia se tornado irrespirável. 'Afinal, o que viemos fazer em Paris?', conta as memórias desse exílio voluntário na capital francesa. Villas descreve suas experiências em textos curtos ao ritmo da memória e do sentimento. A um oceano de distância, as imagens do Brasil, e de Minas Gerais em particular, vão se tornando mais nítidas e mais agudas. Villas dividiu seu livro em quatro partes. A primeira conta as impressões de Paris - os amigos, os trabalhos de imigrante, o nascimento dos filhos, as viagens pela Europa e pelo mundo árabe que fez nesse período. A segunda parte traz memórias da infância e da adolescência em Belo Horizonte, com os almoços dominicais em família, os modismos e os costumes que mostram como foi o cotidiano daquele tempo. Em seguida, o autor faz um verdadeiro balanço sentimental da música brasileira ouvida no exílio. Na última parte, Villas oferece as anotações de diário e os fragmentos de cartas trocadas com amigos. É uma maneira de trazer ao leitor a palavra viva daquele período.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information