Cachaça, um amor brasileiro

Front Cover
Melhoramentos, Jan 1, 2006 - Drinking customs - 159 pages
Água-benta, água-de-cana, caninha, danada, lágrima-de-virgem, água que passarinho não bebe, aguardente, chorinho, malvada. Este livro trata, de forma simples e abrangente, de uma das bebidas mais famosas do país. O interesse da autora do livro, Alessandra Garcia Trindade, em desenvolver uma obra sobre cachaça surgiu quando ela percebeu que 'havia desconhecimento sobre a história e, principalmente, sobre a produção da cachaça. Mesmo os apreciadores da bebida pouco sabiam como ela era produzida ou como identificar a sua qualidade'. Em 2004, a autora iniciou os seus estudos sobre o tema de forma profissional. Para isso, visitou vários produtores de cachaça espalhados pelo país, incluindo a fazenda Havana (em Salinas, norte de Minas Gerais), onde é produzida a famosa 'Anísio Santiago'. De lá, trouxe a história contada pelos filhos de Anísio sobre a sua primeira (e única) degustação de cachaça, quando ainda era garoto. O livro procura desmistificar algumas idéias, como, por exemplo, a do Rosário. Esse é o nome popular dado às bolhas que se formam quando uma garrafa de cachaça é chacoalhada. Muitos associam a boa qualidade da cachaça à quantidade de bolhas que se formam. A autora dividiu o livro em três partes - história, fabricação e receitas.

From inside the book

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Section 1
19
Section 2
29
Section 3
41
Copyright

16 other sections not shown

Common terms and phrases

Bibliographic information