Cada Um Vê o Que Quer Num Molho de Couves

Front Cover
Leya, Feb 27, 2012 - Health & Fitness
0 Reviews
Será que o passado de uma pessoa - infância, família e historial clínico - condiciona de forma determinante e irreversível o seu percurso na vida? Estas e outras questões inquietam Isabel Empis, interessada em apresentar uma cara renovada da intervenção psicoterapêutica e psicanalítica. Estas páginas anunciam uma mudança radical na comunicação entre terapeutas e pacientes, para melhor corresponder à sua necessidade de serem ouvidos e compreendidos, em vez de rotulados e interpretados de uma forma precipitada. Mais um ensaio de saúde mental, algo polémico, dos quais nos ficam pistas de transformação interior, e ternura e saudades por estas pessoas aqui retratadas, de quem ao longo da leitura nos tornamos amigos. Este livro é escrito no mesmo tom directo e desassombrado a que já nos habituou a autora de Bem-Aventurados... Os Que Ousam! e Eu Quero Amar, Amar Perdidamente, ambos publicados pela Oficina do Livro.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Section 1
Section 2
Section 3
Section 4
Section 5
Section 6
Section 7
Section 8
Section 22
Section 23
Section 24
Section 25
Section 26
Section 27
Section 28
Section 29

Section 9
Section 10
Section 11
Section 12
Section 13
Section 14
Section 15
Section 16
Section 17
Section 18
Section 19
Section 20
Section 21
Section 30
Section 31
Section 32
Section 33
Section 34
Section 35
Section 36
Section 37
Section 38
Section 39
Section 40
Section 41
Copyright

Common terms and phrases

Bibliographic information