Cantigas Do Falso Alfonso El Sabio: 1987-2001

Front Cover
Atelié Editorial, 2006 - 98 pages
0 Reviews
Cruzando as tradições luso-medievais e mineiro-barrocas com as ousadias das vanguardas dos anos 50/60, Affonso Ávila é um poeta cuja obra incorpora de modo agudo suas reflexões estéticas. 'Cantigas do falso Alfonso el Sabio' é exemplar dessa poesia que utiliza referências eruditas para aguçar seu olhar corrosivo sobre a realidade à volta. Partindo da obra de Afonso X, el Sabio (1221-1284) - rei de Leon e Castilla que foi também autor de célebres cantigas de escárnio e mal-dizer -, Ávila mobiliza esse arsenal satírico para compor um espelho no qual o mundo atual se confronta, de modo irônico, com sua caducidade. Em suas Cantigas, o autor retoma um procedimento já presente em sua poesia pregressa - o uso da rima fácil, com células sonoras que se repetem ao final de cada verso, criando uma espécie de ladainha que segue uma batida popular, ecoando as vozes (e a indignação) das ruas. Ao mesmo tempo, sua combinação vocabular introduz sentidos inusitados nesses versos de toada homogênea e sintaxe retorcida.

From inside the book

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Romança da Ascensão da BemAventurada Liberalina
9
Cantiga de Nossa Senhora da Luz
15
Cantiga de Nossa Senhora da Penha de França
21
Copyright

9 other sections not shown

Other editions - View all

Common terms and phrases

Bibliographic information