Carradas de razões: Lucio Costa e a arquitetura moderna brasileira (1924-1951)

Front Cover
Editora PUC, 2007 - Architects - 348 pages
Com indisfarçada falsa modéstia, Lucio Costa deixava registrado que, ao fim e ao cabo, o sucesso da arquitetura moderna brasileira devia-se à sua ação e às suas idéias. FOra ele quem, em 1930-31, havia tentado reformar o ensino de arquitetura no Brasil. ELe quem, em 1936, havia idealizado a vinda de Le Corbusier ao Rio de Janeiro. ELe, novamente, quem, a partir de 1936, havia aberto o caminho para a “arrancada” de Oscar Niemeyer. DEssa conjugação de “fatores” e “circunstâncias” – para a qual, mais do que Gustavo Capanema, Carlos Drummond de Andrade e Getúlio Vargas, sua própria ação havia sido crucial – resultara o florescimento da arquitetura moderna brasileira, a cujo sucesso o mundo inteiro assistia admirado.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information