Como se Diz "Chulé" em Inglês?

Front Cover
Grupo Gen - LTC, 2007 - Education - 245 pages
0 Reviews
Todos os idiomas têm palavras "especiais". Normalmente elas refletem aspectos socioculturais inerentes às culturas que as criam; por isso, palavras em português como farofeiro, jeitinho e flanelinha são um desafio para qualquer tradutor, por serem profundamente enraizadas na rica cultura brasileira e dificilmente possuírem palavras equivalentes em outras línguas. A seleção das palavras contidas aqui foi baseada em dois critérios principais: dificuldade de tradução e interesse cultural. O autor selecionou apenas as palavras mais interessantes, vocábulos que parecem tão comuns para os brasileiros, que estes estranham não existirem em outras línguas. Na explicação do porquê de uma palavra não existir em inglês, o leitor é levado a uma aventura etimológica e cultural, que envolve não somente explicar as origens da palavra, mas também as diferenças entre a história dos países que têm o inglês como língua oficial e a luso-brasileira. Com este livro, você compreenderá melhor as diferenças históricas e culturais entre os falantes de português e de inglês e o MUNDO fascinante da língua inglesa. Ron Martinez criou a comunidade Como dizer tudo em inglês no site de relacionamentos Orkut, com o propósito de ajudar as pessoas a tirarem dúvidas sobre a língua inglesa. Ele sempre fez o possível para responder de modo satisfatório a todos, mas percebeu que nem toda dúvida apresentava resposta simples. Apesar de existir tradução relativamente direta para a maioria das palavras em português, Ron Martinez foi descobrindo que também há um número significativo de termos em nosso idioma, como a palavra "chulé", que não possui equivalente em inglês. Os incontáveis debates, o número expressivo de dúvidas e as longas explicações sobre o porquê de não existir tradução para muitas palavras motivaram o autor a elaborar este livro. Aqui, por meio de explicações claras e simples, e de forma divertida, Ron Martinez expõe curiosidades sobre as línguas portuguesa e inglesa.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information