Contando histórias em versos: poesia e romanceiro popular no Brasil

Capa
Editora 34, 2005 - 158 páginas
1 Resenha
O que existe em comum entre a cantiga de roda e o rap, a poesia erudita e de cordel, uma canção de MPB e um poema de Homero? Todos eles utilizam elementos básicos da língua - como o ritmo, as rimas, o jogo das imagens e das idéias - para construir suas composições. Neste livro Bráulio Tavares expõe de maneira clara e bem humorada, os principais recursos expressivos da linguagem poética, ao mesmo tempo que introduz os leitores no vasto repertório de rimas, ritmos e estrofes.
 

O que estão dizendo - Escrever uma resenha

Comentário do usuário - Sinalizar como impróprio

adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii por causa disso eu tuve sorte

Conteúdo

Introdução
9
Parte I
13
O que é poesia
15
música imagem e idéia
18
a sonoridade
26
a rima
31
Os esquemas de rimas
35
A rima consoante
38
O Romanceiro Ibérico
75
Como contar uma história
82
Elementos de uma história
87
A canção narrativa
93
Parte III
97
O Romanceiro Popular do Nordeste
99
A memória narrativa 1 1
101
A cultura oral
104

A rima toante
40
Rimas pobres e rimas ricas
45
O verso branco
48
a métrica
50
Verso longo e verso curto
53
Verso livre
57
Parte II
59
O poema nãonarrativo
61
O poema narrativo
65
Romance antigo e romance moderno
110
A literatura de cordel nordestina
123
A estrutura do cordel
127
O mistério dos três anéis
131
Viagem a São Saruê
142
Conclusão
149
Sobre os autores e poemas citados
151
Direitos autorais

Outras edições - Visualizar todos

Termos e frases comuns

Informações bibliográficas