Depois do cubismo

Front Cover
Cosac Naify, 2005 - 86 pages
0 Reviews
O arquiteto franco-suíço Le Corbusier (1887-1965) e o pintor e escritor francês Amedé Ozenfant (1886-1966), autores desta obra, fundaram o purismo, movimento artístico que surgiu na França nos anos seguintes ao fim da Primeira Guerra. Pautada por uma visão racional e essencialista do mundo, que também influenciou de maneira decisiva o futurismo, na Itália, e a Bauhaus, na Alemanha, bem como o movimento De Stijl, na Holanda, a plataforma do purismo se apresentava como uma nova doutrina estética, que pregava uma arte que não fosse dominada pela emoção e pela expressividade de caráter personalista, mas que se conduzisse pelas lições inerentes à 'precisão das máquinas'. A colaboração entre Corbusier e Ozenfant, que resultaria ainda na edição da revista L'Espirit nouveau, teve início em 1917 e durou até 1926. Ambos compartilhavam a opinião de que o cubismo havia se desviado de suas propostas originais e estava se degenerando em uma arte decorativa. Para além de sua oposição ao movimento artístico capitaneado por Picasso e naquele momento dominante na Europa, a ambição vanguardista da dupla passava por uma atualização do homem moderno, afim de que ele estivesse sintonizado com o 'espírito da época'.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information