Dona Heloísa: Memórias

Front Cover
Projeto Passo Fundo - 92 pages
0 Reviews

 Dona Heloisa não pode ser sintetizada em uma mera lista de ações sociais dirigidas à população economicamente menos favorecida de Passo Fundo.

Tampouco se presta apenas ao papel da mulher que viveu para quebrar paradigmas em uma sociedade eminentemente dominada por homens. Ela é muito mais que isso, especialmente aos olhos daqueles que, um dia, sem poder contar com mais nada e sem qualquer esperança, encontraram nela e no seu trabalho social a mão estendida para que pudessem se levantar do chão, mesmo que essa mão, aos olhos de muitos, na passasse de um prato de comida.

Para quem, um dia, foi beneficiado pelo trabalho de Dona Heloisa, essa mulher de aparência frágil (só aparência) é uma guerreira monumental, capaz de mover montanhas para atingir seus objetivos, que se resumem em fazer o bem.

Do Prefácio
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Sumário
11
Prefácio
13
O Butiá
17
Família Goelzer
19
Vamos ao Butiá?
23
Eu quero voltar
26
Heloisa Goelzer de Almeida
30
Quem é a Heloisa?
31
A Mulher Camponesa
56
A Heloisa no Círculo de Pais e Mestres
67
A Vereadora
70
Casa Própria
73
Preocupação com a Segurança
74
Heloisa e os Sem Terra
75
A Oração
76
Comitê da Cidadania contra a Fome a Miséria e pela Vida
79

A Cidade
40
A Casa Lar
45
A Miss Rio Grande do Sul
54
Fontes de Referência
87
Índice de ilustrações
88

Common terms and phrases

About the author

Welci Nascimento nasceu em 14 de janeiro de 1933, na cidade de Palmeira das Missões, vindo morar em Passo Fundo no final da década de 60. Contraiu matrimônio com Clair Lisboa Nascimento, em Palmeira das Missões, no dia 06 de agosto de 1955. Do matrimônio nasceram 5 filhos. Gosta de morar em Passo Fundo pelas amizades que conquistou, pela bondade de sua gente e pelo bem estar que a cidade proporciona, com sua infraestrutura básica. Profissionalmente foi professor por mais de quarenta anos e exerceu inúmeros cargos públicos. Hoje, o que mais gosta de fazer é ler bons livros, como a Bíblia, escrever, atender os doentes e pobres na ação vicentina, jogar bocha com os amigos da Academia de Bochas Amigos do Marcondes e curtir a vida na companhia dos filhos, da esposa e dos netos, noras e genros. Na Academia de Bochas é como estivéssemos na própria casa. A vida? É uma dádiva de Deus, é a natureza, cosmo, é Deus, feito homem...

Santina Dal Paz é licenciada em Pedagogia e pós-graduada em Metodologia do Ensino pela UPF, exerceu atividades docentes nas escolas: Nicolau de Araújo Vergueiro, Notre Dame, E. E. Protásio Alves, Bom Conselho e Escola de Enfermagem do Hospital São Vicente de Paulo.  Ocupou o cargo de Diretora do 7º Núcleo de Professores do CPERGS e a Direção da Escola Estadual Cecy Leite Costa,presidiu a Associação dos Ex-Alunos da Escola Notre Dame. É membro da Associação dos diplomados da Escola Superior de Guerra, da Academia Passo-Fundense de Letras e do Instituto Histórico.  Foi presidente do Rotary Club Integridade, Destaque em Liderança no magistério (1980) e exerceu o magistério por 31 anos.

Bibliographic information