Glossario das palavras o frases da lingua franceza, que por descuido, ignorancia, ou necessidade se tom introduzido na locução portugueza moderna: com o juizo critico das que são adoptaveis nella

Front Cover
Typ. da Academai R. das Sciencias, 1827 - Portuguese language - 166 pages
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Selected pages

Common terms and phrases

Popular passages

Page 98 - Veftigios da Lingua Arabica em Portugal, ou Lexicon Etymologico das palavras ., e nomes Portuguezes , que tem origem Arabica, compofto por ordem da Academia, por Fr.
Page 57 - Cart. 64 do Tom. i. : nem se pôde fazer o preço, sem se saber a qualidade da letra , eo numero dos volumes, e se hão de ter margem, ou não'', e se hão de ser em quarto, ou n'outra fórma.
Page 163 - ... trato, e commercio , que tivemos com os seus povos ; e como logo depois extendemos a nossa navegação ás costas da Arabia , da Persia , e da india , e passando muito além do Ganges, chegamos até ás extremidades da China e do Japão, e ao immenso archipelago das Molucas , fundando cidades , levantando fortalezas , estabelecendo feitorias, e dominando em muitas partes d'aquelle vasto e remoto Oriente.
Page 47 - D'antes diziamos exacção, que he mais classico, e mais conforme com a analogia. Comtudo exactidão parece não desmerecer a preferencia , que hoje tem alcançado no uso vulgar, se quizermos evitar o encontro das differentes idéas , que offerece o vocabulo...
Page 92 - Por julgar , entender , ser de parecer , ter para si , &c. , foi sempre usado em portuguez : mas no sentido mais generico , comprehendendo em sua significação todas as operações do nosso entendimento , he palavra moderna , tomada , segundo parece , do francez penser , e com justa razão adoptada: pelo que dizemos hoje em boa linguagem; homem que pensa bem, ie que tem idéas exactas ; que as combina com acerto ; que discorre com regularidade , &c.
Page 16 - Catle. Catinga— Vocabulo de Angola; máo cheiro da transpiração dos negros. Catle, Catei, Catele e Catre— Significa o leito, em que se faz a cama. He vocabulo que nos veio da índia, cuja origem he o persiano catei, segundo Sousa, nos Vestigios da lingua arabica.
Page 96 - PONTO DE VISTA: (point de vúe) He termo da Arte de Pintura, , e significa o ponto que o Artista escolhe para por os objectos em perspectiva. Tambem se diz do lugar, donde se pode bem ver o objecto, ou do lugar, onde o objecto se deve collocar para melhor ser visto. He adoptado na linguagem das Artes, e parece necessario.
Page 125 - Nesta frase não podem os francezes deixar de repetir tres vezes o pronome je , e he este hum dos grandes defeitos do seu idioma. Em portuguez porém he viciosa essa mesma repetição , por ser contra o uso e genio da lingua , e porque faz o discurso embaraçado , e froxo , sem necessidade alguma. Deveremos pois dizer : Se eu conseguir o que desejo , morrerei contente ; ou tambem omittindo o primeiro eu, se pelo teor antecedente da frase ficar removida ' toda a ambiguidade , como se se dissesse v....
Page 100 - ... associados , mas dos escravos : aonde o que separado do verbo alcanção pelas expressões intermedias , faz escuro, e quasi inintelligivel o sentido do auctor, devendo dizer-se: Se os lavradores, por meio do mais rude e constante trabalho, não alcançassem mais que huma existencia desgraçada , ou somente alcançassem , ou nada mais alcançassem que huma existencia &c.
Page 1 - ... renda annual e .vitalicia , sobre certo capital, o qual, por morte, fica ao que se obriga a pagala. Acha-se este vocabulo nos decretos de 29 de Outubro, e 7 de Novembro de 1796, e como tem huma significação determinada , e .re.stricta , que se não exprime bem por outro algum vocabulo portuguez , o julgamos adoptavel , e necessario.

Bibliographic information