Guimarães Rosa: Magma e gênese da obra

Front Cover
Apesar de ter ganho o prêmio de poesia da Academia Brasileira de Letras em 1937, Magma, de João Guimarães Rosa, ficou inédito, por vontade do autor, até 1997, quando foi publicado postumamente. Mesmo reconhecendo, como o próprio Rosa, o estatuto de obra menor dessa única incursão do magistral autor de Grande sertão: veredas no terreno da lírica, Maria Célia Leonel, professora da Unesp, câmpus de Araraquara, percebeu e pôs-se a estudar, de maneira cuidadosa e original, a importância dos poemas de Magma na germinação da prosa poética do ficcionista, sobretudo de Sagarana, sua primeira publicação.
 

What people are saying - Write a review

User Review - Flag as inappropriate

32,00

Contents

Assim como Rosa não é rosa Magma não é a verdadeira
11
História de Magma e proposições teóricas
21
Vida no campo
96
infinitude espáciotemporal 2 I 7
233
Considerações finais
255
Referências bibliográficas
277
Copyright

Other editions - View all

Common terms and phrases

Bibliographic information