Manuscrito encontrado em Accra

Front Cover
Editora Sextante, Aug 1, 2012 - Fiction - 176 pages
0 Reviews
14 DE JULHO DE 1099. Jerusalém se prepara para a invasão dos cruzados. Dentro dos muros da cidade antiga, homens e mulheres de todas as idades e crenças se reúnem para ouvir as palavras sábias de um homem misterioso conhecido apenas como Copta. Ele convoca o povo a encarar a verdade e lidar com seus temores: “A partir de amanhã o que era harmonia se transformará em discórdia. O que era alegria será substituído pelo luto. O que era paz dará lugar a uma guerra... Ninguém sabe o que nos reserva o amanhã, porque a cada dia basta o seu mal ou o seu bem. Portanto, ao perguntarem o que desejam saber, esqueçam as tropas do lado de fora e o medo do lado de dentro. Nosso legado não será dizer àqueles que herdarão a terra o que aconteceu na data de hoje; isso a história se encarregará de fazer. Falaremos, portanto, de nossa vida cotidiana, das dificuldades que fomos obrigados a enfrentar.” As pessoas começam a fazer perguntas sobre derrota, luta e a natureza de seus inimigos; elas contemplam a vontade de mudar e as virtudes da lealdade e da solidão; e, por fim, levantam questões sobre beleza, amor, sabedoria, sexo e futuro. Hoje as respostas do sábio são um registro dos valores humanos que perduraram ao longo do tempo. E, pelas mãos de Paulo Coelho, Manuscrito encontrado em Accra revela que quem somos, o que tememos e o que esperamos do futuro vêm do conhecimento e da fé dentro de cada um de nós, e não das adversidades.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

About the author (2012)

Nascido no Rio de Janeiro, em 1947, Paulo Coelho trabalhou como diretor e autor de teatro, jornalista e compositor, antes de se dedicar aos livros. Suas parcerias musicais com Raul Seixas resultaram em clássicos do rock brasileiro. Sua obra foi publicada em mais de 170 países e traduzida para 80 idiomas. Juntos, seus livros já venderam 210 milhões de exemplares em todo o mundo. Paulo Coelho já recebeu diversos prêmios e condecorações internacionais, entre eles o Crystal Award, do Fórum Econômico Mundial, e o prestigioso título de Chevalier de L’Ordre National de la Legion d’Honneur. Foi eleito para a Academia Brasileira de Letras em 2002 e, a partir de 2007, tornou-se Mensageiro da Paz das Nações Unidas. Irreverente, atual e provocante, ele é um fenômeno literário com milhões de seguidores nas redes sociais.

Bibliographic information