Medicalização da saúde e exclusão social: São Paulo, 1889-1930

Front Cover
EDUSC, Editora da Universidade do Sagrado Coração, 2002 - Eugenics - 181 pages
Neste livro, a historiadora Mariza Romero estuda como vários argumentos favoráveis à eugenia perpassaram a mentalidade de médicos, técnicos, políticos e intelectuais em relação à saúde pública, em São Paulo, nas primeiras décadas do século 20. A autora desvenda as formas de discursos supostamente científicos desses personagens em relação a minorias negros, imigrantes, pobres, mendigos e doentes , que para elas compunham um único bloco de pessoas socialmente indesejáveis. O controle social também é aqui estudado em suas ramificações e conseqüências sociais avassaladoras, resultando em práticas de discriminação, exclusão e mesmo de extinção social.

From inside the book

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Introdução
15
Capítulo 1 Um cotidiano de horror
25
A aparição do medo das doenças
26
Copyright

21 other sections not shown

Common terms and phrases

Bibliographic information