Modelos para a produção, produção de modelos: gênese, lógica e difusão do modelo japonês de organização da produção

Front Cover
O aparecimento do modelo japonês de produção na década de 1970, com seus altos índices de produtividade e rentabilidade, obrigou o mundo ocidental a rever o taylorismo, até então tido como a 'organização científica do trabalho'. Neste livro, Mauro Zilbovicius analisa o modelo japonês, detalhando esta transição até chegar, a partir da experiência da indústria automobilística, à introdução da moderna administração japonesa no Brasil.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

APRESENTAÇÃO
13
A CARACTERIZAÇÃO DE MODELOS
37
RACIONALIDADE EFICIÊNCIA E MODELOS
55
INTRODUÇÃO
65
DIFUSÃO
73
ISOMORFISMO
80
CONCLUSÕES
90
TAYLORISMO E TÉCNICAS AMERICANAS
118
A GESTÃO DE ESTOQUES 15 8
175
INTERFACE ENGENH ARI AFABRICAÇÃO
191
CONCLUSÕES
207
INTRODUÇÃO
221
CONSTRUÇÃO DE MODELOS
236
A LEAN PRODUCTION
251
CONCLUSÕES
276
BIBLIOGRAFIA
291

CONCLUSÕES
140

Other editions - View all

Common terms and phrases

Bibliographic information