Modernidade verde: jardins de Burle Marx

Front Cover
Editora Senac São Paulo, 2009 - Gardens - 385 pages
Este livro faz uma recapitulação da história do paisagismo no Brasil, retomando seu desenvolvimento desde o século XIX e estabelecendo relações entre essa disciplina e a condição econômica e cultural do país. O autor situa o trabalho de Burle Marx, da fase central de sua maturidade profissional, compreendendo dos primeiros jardins públicos, no Recife (1935-1937), até a implantação do Parque do Flamengo, no Rio de Janeiro (1961-1965).

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information