No fundo de um sonho: a longa noite de Chet Baker

Front Cover
Companhia das Letras, 2002 - Jazz musicians - 493 pages
0 Reviews
Foram muitos os rótulos criados pela mídia para se referir a Chet Baker - cool, cult, ícone do jazz, símbolo sexual - todos insuficientes para definir a personalidade contraditória do trompetista americano. Ao surgir no ambiente fervilhante do jazz norte-americano dos anos 50, o músico rapidamente se transformou no ideal de sua geração. No mundo inteiro, inclusive no Brasil, a suavidade de sua voz e as fotos em preto-e-branco na capa de seus LPs seduziam mulheres e homens. Em 1952, aos 23 anos, era convidado a tocar com Charlie Parker. No ano seguinte, seria eleito por revistas especializadas o melhor trompetista em atividade, à frente de nomes como Louis Armstrong, Dizzy Gillespie e Miles Davis. Além do talento precoce, a beleza romântica de seu rosto lhe valia comparações com James Dean. Suas verdadeiras paixões eram a música e a heroína. O vício fez com que vivesse, do auge de sua carreira aos últimos dias de vida, em função da droga. James Gavin persegue o fundo desse sonho até o fim, quando o músico caiu do segundo andar de um hotel em Amsterdam, em 1988.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information