O esquizoide: Coração na boca

Front Cover
Editora Record, Sep 12, 2011 - Fiction - 80 pages
0 Reviews
As raras lucidez e consciência sobre sua própria condição são evidenciadas em O esquizoide: Coração na boca, texto inédito de Rodrigo organizado pelo poeta e jornalista Ramon Mello, curador de sua obra. A começar pelo título — um rótulo que o autor faz questão de grudar e desgrudar na própria face. Escrito em 2003, o romance chega agora às livrarias, atendendo a um pedido do próprio autor à amiga e poeta Silvana Guimarães (que assina a apresentação do livro), de que fosse publicado somente após sua morte.Como é característico em toda sua obra — assim como em Me roubaram uns dias contados, último romance do autor, publicado no ano passado pela Record — O esquizoide é, ao mesmo tempo, absolutamente ficcional, mas com altas doses autobiográficas. Um misto de diário, romance, novela, depoimento, fábula, que amontoa delírio e lucidez, melancolia e resistência, solidão. Rodrigo revela sua condição para, em seguida, negá-la. O autor compreendeu que, ao apropriar-se dos estigmas que rondam sua existência, pode lidar com seus limites e, ainda, com o preconceito dos ignorantes.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Selected pages

Contents

Section 1
Section 2
Section 3
Section 4
Section 5
Section 6
Section 7
Section 8
Section 9
Section 10
Copyright

Common terms and phrases

About the author (2011)

Rodrigo de Souza Leão nasceu no Rio de Janeiro em 4 de novembro de 1965. Publicou o romance Todos os cachorros são azuis e a reunião de poemas Caga-regras. Foi co-editor da revista eletrônica Zunái e autor de uma série de ebooks e blogs. Faleceu em 2 de julho de 2009 numa clínica psiquiátrica. Me roubaram uns dias contados marca o início da publicação de sua obra pela editora Record.

Bibliographic information