O livro no Brasil: sua história

Front Cover
EdUSP, 2005 - Book industries and trade - 809 pages
5 Reviews
O autor Laurence Hallewell, após uma minuciosa revisão, traz a segunda edição de 'O Livro no Brasil' ampliada e com dados atualizados. Recheado de estatísticas, tabelas e reproduções de capas de livros importantes de nossa história editorial, a obra fornece informações sobre o mercado (importadoras, salários, vendas), sobre os empreendedores, as dificuldades e os êxitos das editoras tanto comerciais como oficiais - e os fatores externos e internos que contribuíram para tal.
 

What people are saying - Write a review

User ratings

5 stars
4
4 stars
1
3 stars
0
2 stars
0
1 star
0

User Review - Flag as inappropriate

tataaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa ama este livro

User Review - Flag as inappropriate

A MORENINHA CONTA A HISTORIA DE QUATRO AMIGOS ESTUDANTES DE MEDICINA FELIPE ,FABRICIO,AUGUSTO E LEOLPODO.FELIPE CONVIDA SEUS AMIGOS PARA PASSA O DIA DE SANTA ANA COM ELE NA ILHA OS AMIGOS ACEITA MENOS AUGUSTO,ENTAO FELIPE FALA DAS SUAS DOIS PRIMAS E DE SUA IRMA A D.CAROLINA AUGUSTO A CEITA NA HORA .SURGE AI UMA CONVERSA EM QUE AUGUSTO VOLTARA DA ILHA APAIXONADA POR UMA DAS MOÇAS ENTAO SURGE UMA APOSTA E QUE PEDE TERA QUE ESCREVER A HISTORIA DA SUA DERROTA UM ROMANCE
ENTAO ELES ACEITA...
 

Contents

População das principais cidades brasileiras comparada com a de cidades de outros países 15501730
81
População das principais cidades brasileiras comparada com a de cidades de outros países 17401810
91
CONCEIÇÃO VELOSO E PAULO MARTIN
99
13 O primitivo comércio de livros no Rio de Janeiro
101
14 O contrabando
103
15 A chegada do Príncipe Regente
105
16 Conceição Veloso
109
17 A Impressão Régia
110
127 Uma editora de âmbito nacional
396
128 As traduções da Globo
402
129 Livros didáticos e dicionários
405
Declínio da importação de livros franceses desde 1910
408
Importações de livros da Espanha e da América Latina 19101959 por peso kg
410
130 Literatura brasileira
411
JOSÉOLYMPIO
415
131 O panorama editorial do Rio na década de 1920
417

18 A Livraria Paulo Martin
115
19 O fim do monopólio do governo na impressão
118
21 O comércio de livros no Rio de Janeiro do Primeiro Reinado
120
Livrarias gráficas e fundições de tipos no Rio de Janeiro do século XIX
121
22 Evaristo da Veiga
122
SILVA SERVA
123
23 As províncias no começo do século XIX
125
População das maiores cidades brasileiras comparada com a de cidades de outros países 18201860
128
24 O início da impressão em Minas Gerais
129
25 Silva Serva e o início da impressão na Bahia
130
26 A Livraria Catilina
134
PLANCHER
137
27 O início em Paris
139
28 No exílio
141
29 A linha editorial política de Plancher
142
31 O caráter de Plancher
144
32 Sua influência sobre a impressão no Brasil
146
33 A litografia
147
34 Villeneuve
148
35 J C Rodrigues
150
PAULA BRITO
151
36 Louis Mongie
153
37 Paula Brito e a Petalógica
154
38 A personalidade de Paula Brito
155
39 O começo da vida
156
40 A Imperial Typographia Dous de Dezembro
158
41 O mercado feminino
160
43 A liquidação
162
JOSÉ MARIA CORRÊA DE FRIAS BELARMINO DE MATTOS
165
44 A situação histórica especial do Maranhão
167
45 Os primórdios da impressão no Maranhão
170
46 O progresso técnico
171
47 José Maria Corrêa de Frias
172
48 Belarmino de Mattos
176
49 A situação posterior
181
OUTROS EDITORES DAS PROVÍNCIAS
183
50 Publicações no Pernambuco rebelde
185
51 Pernambuco depois de 1824
188
52 A impressão na Paraíba
190
53 Publicações no Pará
191
54 A tipografia em outras províncias
192
BAPTISTE LOUIS GARNIER
195
55 A expansão ultramarina do comércio livreiro francês
197
56 Garnier Frères
198
57 Impressões em Paris
199
População das maiores cidades brasileiras comparada com a de cidades de outros países 18721900
202
58 O papel brasileiro
204
60 A personalidade de B L Garnier
206
61 Os direitos autorais
208
62 Os romances e o folhetim
210
63 Livros de poesia
214
64 Os livros escolares
215
65 As traduções
217
66 Os métodos comerciais
218
67 A fortuna de Baptiste Louis Garnier
221
Taxas comparativas de impostos de importação tarifa geral
222
LAEMMERT
227
68 Lombaerts
229
69 Leuzinger
230
o começo
232
71 Souza Laemmert
233
72 A Typographia Universal
234
73 Publicações Laemmert de história ciência e literatura
237
74 Livros práticos técnicos médicos e didáticos
239
75 As traduções editadas por Laemmert
241
76 A pirataria dos direitos autorais
244
77 Laemmert Companhia
247
78 O Anuário do Brasil
248
População e educação no Brasil 16001930
249
HIPPOLYTE GARNIER
251
79 O declínio do comércio livreiro na década de 1890
253
80 A reconstrução
257
81 A política editorial
259
82 Outras saídas para o autor brasileiro
263
84 Traduções para o francês e para o espanhol
265
85 Novamente os Irmãos Garnier
267
86 BriguietGarnier
268
FRANCISCO ALVES
269
87 O cenário do Rio no começo do século XX
271
88 S J Alves e Cruz Coutinho
272
89 As livrarias Quaresma São José Castilho e outras
273
90 A personalidade de Francisco Alves
277
começo da vida de Francisco Alves
279
92 Francisco Alves e os livros didáticos
280
93 Francisco Alves e as edições literárias
286
94 As ligações portuguesas e os esquemas de impressão
289
95 O legado
293
96 Paulo de Azevedo Cia e a sequência
294
O CRESCIMENTO DA ATIVIDADE EDITORIAL EM SÃO PAULO
297
97 A cidade e sua Faculdade de Direito
299
98 A Casa Garraux
302
99 A expansão de São Paulo a partir de 1890
306
MONTEIRO LOBATO
309
100 A Velha Praga
311
A edição de livros no Estado de São Paulo e na cidade do Rio de Janeiro 19201978
314
101 Urupês
315
102 A Revista do Brasil
319
103 O modernismo
323
104 Os métodos revolucionários de Lobato
326
105 Monteiro Lobato Cia
329
107 A Melhoramentos
332
108 Os livros para crianças
335
109 A depressão do pósguerra
336
110 A falência
340
OCTALLES MARCONDES FERREIRA
343
111 A Fénix nacional
345
112 A São Paulo Editora e a Revista dos Tribunais
348
113 Impostos sobre papel importado
351
114 A edição de obras didáticas e literárias
354
115 O mercado português
356
balança entre Brasil e Portugal no século XX
359
116 O mercado africano
361
Exportações brasileiras de livros
362
117 A nova ortografia
364
118 A reforma Capanema
366
119 A Editora do Brasil e a Brasiliense
367
Importações brasileiras de livros
370
120 O desenvolvimento no pósguerra
371
121 Livros de nível universitário
372
Matrícula escolar alfabetização e população 19301975
375
122 A Brasiliana
377
123 A Nacional é estatizada
381
BERTASO VERÍSSIMO
387
124 A atividade editorial no Rio Grande do Sul
389
125 Os primórdios da Livraria Globo
390
126 O Instituto Nacional do Livro
392
População das cidades mais importantes do Brasil comparada com a de cidades de outros países 19201950
395
132 A Revolução de 1930
418
133 Livraria Schmidt Editora
423
134 Editora Ariel
429
o começo da vida
432
136 Livros raros e a independência
434
137 Humberto de Campos
436
138 José Lins do Rego
439
139 O paulistano se fez carioca
442
140 Outros sucessos literários da década de 1930 e uma falha
443
141 Documentos Brasileiros e poesia
447
A produção da José Olympio 19321950
448
142 Amizades e política
449
143 Getulista?
452
144 A censura no período Vargas
455
145 Traduções
458
146 Projeto gráfico para livros
462
147 Coleções no pósguerra
465
148 Amizades e política na década de 1960
468
149 Expansão e diversificação no começo da década de 1970
470
150 Declínio da ficção na metade do século
471
Vendas diretas ao consumidor 19661980
473
151 A Sabiá
474
152 O fim da independência
476
JOSÉ DE BARROS MARTINS
483
153 A Segunda Guerra Mundial
485
Importações de livros de países de língua inglesa
486
154 Livraria Agir e Edições O Cruzeiro
494
Os clubes de livro
497
156 Livros técnicos
499
157 Livraria Martins Editora
500
158 Relações com o Estado Novo
505
159 Jorge Amado
508
Importações brasileiras de livros da Espanha e de países latinoamericanos 19511972
511
160 Outras publicações
512
A estética do trabalho gráfico
513
O comércio do livro no Estado Novo e na República Populista
514
162 A liquidação
516
ÊNIO SILVEIRA
517
163 A década de 1950
519
População das cidades brasileiras comparada com a de cidades de outros países 19501970
522
Vendas em prestações
528
165 Burla aos direitos do autor
531
166 Juscelino Kubitschek de Oliveira
532
167 Ênio Silveira e a Civilização Brasileira
535
168 Editoras progressistas na república populista
539
169 O desligamento da Companhia Editora Nacional
542
170 Os últimos anos do populismo
545
Salários reais no Rio de Janeiro 19141961
548
A História Nova
549
172 A atividade editorial sob os primeiros presidentes militares
552
toneladas fabricadas anualmente 19451978
554
173 Subsídios e livros didáticos
556
Edições educacionais brasileiras 19601980
559
O comércio de livros após o golpe militar
561
174 A Ática e outras novas editoras didáticas
562
Exportações brasileiras de material impresso 19781980
563
Produção e tiragem média das edições de ciência e tecnologia 19691979
564
175 Coedições traduções e o preço do livro
565
176 A Civilização Brasileira e o novo regime
573
Ênio Silveira e a Frente Ampla
580
178 O Ato Institucional n 5 e suas sequelas
582
179 Da crise do petróleo à abertura
588
Preços médios dos livros 19721975
590
180 Livros pelo correio
594
181 Surgem a Difel e a Bertrand
595
Produção de livros na década de 1970
601
Produção de títulos por assunto
602
Produção segundo o tipo de edição 19661991
603
Distribuição de livros segundo o canal 19731980
604
A ATIVIDADE EDITORIAL NOS ESTADOS NO SÉCULO XX
605
182 O eixo RioSão Paulo
607
Distribuição geográfica das vendas de livros 19661991
608
Produção de livros por estados 19761978
613
183 O interior de São Paulo
614
184 O Extremo Sul
616
185 Os Estados do Sudeste
620
186 Minas Gerais
622
187 O Distrito Federal e as publicações oficiais
624
Outras cidades do CentroOeste
626
População das maiores cidades brasileiras comparada com a de cidades estrangeiras 19802004
627
189 As cidades do Norte e do Nordeste
628
190 As editoras universitárias
634
191 Os folhetos populares
636
192 O conteúdo do cordel
643
193 O futuro do cordel
647
194 Ilustradores de folhetos
650
195 E o cordel entra no mercado de massa
653
NA ÉPOCA DA ABERTURA
655
196 A atividade editorial no setor nãodidático
657
Principais editoras de 19791985
658
197 Livros de bolso
668
Distribuição de livros segundo o canal 19811996
669
198 A Editora Abril
676
199 Outros métodos novos de distribuição
680
200 O Círculo do Livro
682
201 As multinacionais
684
Dispêndio com direitos autorais
686
Traduções publicadas no Brasil segundo a língua original
687
202 O mercado de livros didáticos na época da abertura
693
203 Livros para crianças
695
Produção de livros infantojuvenis desde 1939
697
Produção editorial brasileira por tipo 19821991
700
204 Livros de arte
702
205 Outros mercados de livros especializados
707
206 Os livros importados
710
Importações brasileiras de livros por países de origem 19731979
711
207 A alfabetização e o gosto de ler
713
A população brasileira segundo a classe social
715
Importações de livros da Itália e do Japão
718
208 A edição de literatura
721
209 A poesia no Brasil de hoje
723
NA NOVA REPÚBLICA
727
210 A crise latinoamericana da dívida externa
729
211 O Plano Cruzado e suas consequências
734
Produção de livros no Brasil na década de 1980
735
Principais editoras privadas de 1987
737
212 Nos tempos de Collor
738
Produção de livros no Brasil na última década do século XX e princípios do século XXI
741
213 Livros para crianças e de autoajuda
744
214 Itamar Franco e o Plano Real
746
215 Sebos e feiras
748
216 O livro para cegos
749
217 As perspectivas para o terceiro milénio
751
Moeda e Taxas de Câmbio
753
Bibliografia
759
índice
771
Copyright

Common terms and phrases

References to this book

Dissertation
Carlos Monarcha
Snippet view - 1999
All Book Search results »

Bibliographic information