O shodo, o corpo: e os novos processos de significacʹao

Front Cover
Annablume, 2004 - Calligraphy - 78 pages
0 Reviews
O gesto sutil e suas vozes sussurrantes - o que haveria em comum entre a arte tradicional da caligrafia japonesa e os movimentos performáticos do século XX? Ou entre o gesto do artista e o traço virtual que ganha forma a partir de softwares digitais? Até onde a história pode e consegue permanecer construindo corpos e movimentos através dos séculos? A cultura deixa resíduos de permanência quando está distante de suas raízes? A pesquisa de Cecília Saito sobre o shodô, mais conhecido como a famosa e tradicional arte da caligrafia japonesa, aborda essas questões. Paradoxalmente simples e complexa, conta uma história nascida de fontes primárias atadas a laços familiares que permitiram a intimidade necessária com o objeto escolhido para sua investigação. A pesquisa da autora convida o leitor a construir pontes imaginárias que nascem do shodô, mas voar além dele, apra trás e para frente como os gestos marcantes de todas as nossas histórias.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Selected pages

Contents

Section 1
3
Section 2
7
Section 3
9
Section 4
31
Section 5
52
Section 6
71
Copyright

Common terms and phrases

Bibliographic information