Paisagens Criticas

Front Cover
EDUC, 2010 - 406 pages
0 Reviews
Esse livro analisa, pela filosofia e pela teoria da complexidade, as abordagens antecipatórias e a radicalidade inovadora de Robert Smithson, e, para isso, segue por três vetores - a obra do artista em sua relação com a geofísica e a indústria da mineração; o desenvolvimento, a partir de 1960, das investigações científicas dos sistemas dinâmicos e dos processos de auto-organização da matéria; a geofilosofia de Deleuze, que articula uma reconstituição desses processos morfogênicos a uma interpretação da ciência, do trabalho industrial e da criação artística.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information