Que Farei quando tudo Arde?

Front Cover
Leya, Feb 27, 2012 - Fiction - 625 pages
0 Reviews
Décimo quinto romance de António Lobo Antunes, este livro é narrado por Paulo, o filho de um travesti («Quis escrever um livro sobre a identidade, fazendo várias interrogações que se colocam de um modo especial num travesti.» - Lobo Antunes em entrevista à Visão). O título, Que Farei Quando Tudo Arde, é o último verso de um soneto de Sá de Miranda e, na altura em que o livro sai, não poderia ser mais actual. Como actual é o que se passa dentro do romance (o antepenúltimo, segundo o autor: «Só quero escrever mais dois romances.»), continuando Lobo Antunes a fazer um retrato do país. «Quando tudo arde».
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Section 1
Section 2
Section 3
Section 4
Section 5
Section 6
Section 7
Section 8
Section 18
Section 19
Section 20
Section 21
Section 22
Section 23
Section 24
Section 25

Section 9
Section 10
Section 11
Section 12
Section 13
Section 14
Section 15
Section 16
Section 17
Section 26
Section 27
Section 28
Section 29
Section 30
Section 31
Section 32
Section 33
Copyright

Other editions - View all

Common terms and phrases

Bibliographic information