Querida mamãe

Front Cover
Editora Brasiliense, 1995 - 87 pages
0 Reviews
Duelo tenso entre Ruth, dona-de-casa, e Helô, sua filha médica, 'Querida Mamãe' tem a 'mescla de humor requintado, expressão de um ceticismo que hoje parece ser marca de sanidade de todo ser pensante, com a indomável revolta ante a condição humana' que, segundo Alberto Guzik, torna única a obra de Maria Adelaide Amaral. O conflito eclode quando Helô, sobrevivente de um casamento malsucedido e de vários namoros frustrados, deixa-se seduzir por uma mulher, Leda. A relação homossexual, que Ruth mostra-se incapaz de aceitar, tem desdobramentos - Helô se aproxima de um impulso autodestrutivo e Ruth, para resgatá-la, revela uma paixão que manteve em segredo por décadas.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Section 1
7
Section 2
13
Section 3
15
Section 4
88
Copyright

References to this book

Bibliographic information