Querido Scott, querida Zelda: as cartas de amor de Scott e Zelda Fitzgerald

Front Cover
Companhia Das Letras, 2005 - Authors's spouses - 487 pages
0 Reviews
Querido Scott, querida Zelda é uma coletânea da correspondência trocada pelo escritor F. SCott Fitzgerald e sua mulher, Zelda Sayre Fitzgerald. SÃo mais de trezentas cartas e telegramas, que abrangem todo o período que passaram juntos. AS primeiras cartas datam de 1918, o ano em que o casal se conheceu, e as últimas de 1940, quando Fitzgerald morreu em Hollywood, de um ataque cardíaco. Reunida por Jackson R. BRyer e Cathy W. BArks, a correspondência dá a exata medida de como o relacionamento dos dois foi tema recorrente de boa parte da obra de Scott Fitzgerald e do único livro de Zelda, o romance Esta valsa é minha. ELes se conheceram no Alabama, terra natal de Zelda, quando o escritor, alistado no Exército, fazia treinamento na área. CAsaram-se no início da década de 1920 e mudaram-se para Nova York depois do sucesso de Este lado do paraíso, primeiro romance de Fitzgerald. Os romances seguintes, no entanto, não obtiveram o mesmo êxito. LEvando uma vida perdulária, o casal se mudou diversas vezes e terminou fixando residência em Paris, em 1924. LÁ, tiveram contato com escritores americanos como Gertrude Stein e Ernest Hemingway. AS cartas fornecem um quadro do panorama intelectual da "era do jazz" e da "geração perdida" e também dão conta das sucessivas brigas e reconciliações do casal e da tentativa de manter o casamento, abalado pelo alcoolismo de Fitzgerald e pelos indícios progressivos da doença mental de Zelda.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information