Receitas Simpaticas Para Doencas Antipaticas

Front Cover
Editora Senac Rio, 2006 - Cooking - 351 pages
0 Reviews
O casamento perfeito entre as orientações de um médico e as receitas de uma chef de cozinha pode ser conferido neste livro. Com uma linguagem simples e acessível, o médico Haroldo Jacques trata das principais 'doenças antipáticas' que acometem adultos e, em alguns casos, crianças. Para cada doença comentada, a chef Silvana Bianchi, do restaurante Quadrifoglio no Rio de Janeiro, elaborou uma série de 'receitas simpáticas' utilizando os alimentos mais adequados para cada patologia. O prefácio é da jornalista especializada em gastronomia Danusia Bárbara e as receitas são retratadas pelo fotógrafo Alexander Landau. A cada capítulo, Haroldo Jacques aponta uma doença e suas especificidades. Os alimentos entram no circuito para mostrar como eles podem ser usados no combate às enfermidades como arteriosclerose, diabetes, osteoporose, obesidade, câncer, perda de memória, entre outras. Sem sacrificar o paladar do leitor, o médico confirma como uma alimentação saudável e saborosa pode torna-se uma arma importante na prevenção e no combate de doenças. Comidas sem sabor e cor não fazem parte dos 156 pratos que contemplam o leitor. Além de fáceis, as receitas da chef Silvana Bianchi são apetitosas e nutritivas. Há sugestões de sopas, saladas, pratos principais e sobremesas. As porções são sempre para duas pessoas, o que reforça a idéia de que não é preciso comer uma refeição insossa quando se está doente. Os pratos misturam ingredientes das cozinhas brasileira, italiana, francesa e oriental. Entre as sugestões, o leitor poderá saborear receitas como sopa de abóbora com pimenta dedo-de-moça, espetinhos de frango ao curry com cuscuz de maçã, sopa fria de melancia, carneiro marroquino, omelete de aspargos, bolo de amêndoas com cenoura, nhoque de ricota, suflê de queijo gratinado, atum grelhado com gengibre e gergelim, entre mais de cem opções. Como ferramenta complementar, o livro fornece informações sobre os alimentos orgânicos, hidropônicos, transgênicos, destacando as vantagens e desvantagens de seu consumo. Os alimentos dietéticos, que vêm surgindo de forma crescente nas prateleiras dos supermercados, não ficaram de fora deste capítulo. Haroldo Jacques esclarece as diferenças entre os termos diet, light, low e free. Há ainda um capítulo sobre as propriedades medicinais do vinho e os benefícios de seu consumo moderado. Para cada prato, um rótulo mais adequado foi indicado por um grupo de oito sommeliers.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Other editions - View all

Bibliographic information