Reformas educacionais na América Latina e os trabalhadores docentes

Front Cover
Autêntica, Jan 1, 2003 - Education - 186 pages
Este livro é resultado de um seminário organizado em Belo Horizonte, em 2002, sobre as reformas educacionais na América Latina e suas repercussões sobre os trabalhadores, mas também consequência de um movimento maior que foi tomando corpo em torno desse tema nos últimos anos. Um movimento que fez surgir em fins de 1999 - e durante a primeira reunião do GT "Educação, Trabalho e Exclusão Social", do Conselho Latino-Americano de Ciências Sociais - CLACSO, realizada na cidade do Rio de Janeiro - a Rede Latino-Americana de Estudos Sobre Trabalho Docente - Rede ESTRADO. Esta Rede surgiu em fins de 1999 e o objetivo da sua criação era possibilitar o intercâmbio entre pesquisadores que desenvolvem estudos sobre o trabalho docente em toda a América Latina. A iniciativa de organizar essa Rede veio justamente da constatação de que há grande dispersão das pesquisas e outras produções acadêmicas sobre o tema, e ainda escassa comunicação entre os investigadores. Desde então, a Rede veio se estruturando em países como Argentina, México e Brasil e de forma incipiente na Venezuela, Chile e Cuba. Este livro dá um passo importante ao apresentar as diferentes contribuições dos autores/pesquisadores que têm se debruçado com muita responsabilidade sobre a questão das reformas educacionais e os trabalhadores docentes.

From inside the book

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Contents

Prefácio
7
Capítulo
8
Trabalho docente e as reformas neoliberais
39
Copyright

6 other sections not shown

Common terms and phrases

Bibliographic information