Salve-se Quem Puder: uma história da especulação financeira

Front Cover
Companhia das Letras, 2001 - 447 pages
Ao narrar a história da especulação financeira desde o século XVII até o presente, Edward Chancellor constata que os impulsos que caracterizam o comportamento dos especuladores são os mesmos em qualquer época. OS resultados também se repetem: o mercado financeiro é impelido por caminhos perigosos - levando todo o resto da economia a reboque. O Autor descreve episódios que soam inacreditáveis. POr exemplo, a mania das tulipas que contagiou a Holanda em 1636: os bulbos dessas flores trocavam de dono alucinadamente e podiam valer mais do que dez casas na cidade. Salve-se quem puder começou a ser escrito como uma análise do mercado financeiro na década de 1980, tarefa de Chancellor quando estrategista do banco de investimentos Lazard Brothers, um dos gigantes da área. O Autor, entretanto, foi muito além desse objetivo inicial. HIstoriador formado em Cambridge e Oxford e colaborador de publicações de prestígio como The Economist e Financial Times, realizou uma investigação que cobre os últimos quatrocentos anos de história dos principais centros econômicos do mundo. EMpreendeu "uma pesquisa admirável", nas palavras do "papa" John Kenneth Galbraith.

What people are saying - Write a review

LibraryThing Review

User Review  - Miro - LibraryThing

Edward Chancellor carefully searches speculative history from the 17th Century onwards looking for commonality and differences in speculative situations and gives the history and his conclusions in ... Read full review

LibraryThing Review

User Review  - gq2000 - LibraryThing

Read it again whenever you think the market is irrational and crazy. They have been much crazier before, and will be again in the future. Read full review

Bibliographic information