Discurso historico e analytico sobre o estabelecimento da Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro: offerecido a S. A. R. o Principe Regente nosso senhor

Front Cover
Impressão Regia, 1814 - Port wine industry - 67 pages
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Selected pages

Other editions - View all

Popular passages

Page 9 - ... a cura, se os creadores lha quizerem applicar. «Primeiramente, a ambição do lucro, ou o desvanecimento de terem grandes lojas, conduz a muitos a trazer vinhos dos altos, e outros inferiores, e de ruins sitios, ou proprios, ou comprados, que apenas podem servir para o ramo, e os lotão com os da feitoria; e como o máo sempre prevalece, vem todo esse vinho a reduzir-se a hum estado pessimo. «O remedio...
Page 13 - ... de baga , e agoa-ardente ; e ao vinho que he „ puro , e liquido se lhe dá o nome de palhete , e de „ ramo ; em taes termos, que por mais generoso que este „ seja , basta a taxa de não ter sido composto para Fei...
Page 10 - he tambem facil , porque consiste em mais algumas ho„ ras de lagar , e em se meter a gente necessaria para „ trabalhar o vinho. „ Em terceiro lugar , costumão na occasião , e tempo „ da vindima abafar os vinhos na fervura , deitando-lhes „ logo agoa-ardente , cujo invento se não...
Page 17 - Se lhes parecer, seja a emenda geral, para que se restaure o primitivo ser ao negocio: se não, assim como o Douro passou ha mais de quarenta annos sem Feitoria Ingleza, e nós os Commissarios sem a conducta das Commissões, nos tornaremos ás nossas terras, e Vossas mercês ás suas do Norte; que não faltaráo outras Nações, que nos busquem.
Page 9 - ... grande; mas ao presente se acha tão abatida, que quaesquer vinhos dos mais Reinos, e ainda as bebidas de toda a qualidade lhes levão a preferencia. E para se conhecer esta verdade, basta a reflexão, de que tendo crescido a gente em Inglaterra, razão infallivel de se augmentar o consumo, vai lentamente diminuindo a sahida, que já hoje não chega a duas terças; e assim se irá precipitando, até cahir de todo, para mais se não poder levantar.
Page 12 - Douro foi grande em tempo , qne gozavão o „ primitivo ser da natureza , e pouco ou nenhum bene„ ficio xla arte. Porém quem lha pôde ter fraudado , se „ não he a Feitoria 'com os seus inventos ,. e instrucções ? ,', A razão...
Page 15 - Com„ missões , que delles recebemos pela interposta mão dos „ Correspondentes do Porto , nos obriga a guardar-lhes „ amor , e fidelidade dentro dos limites...
Page 15 - Vossas ,, mercês : mas para o seu proprio , não para conservação ft da saude do Norte , mas para regalarem as suas vidas „ ricas em Portugal. Conhecem a grande estimação, e pre...

Bibliographic information