Da Asia de João de Barros e de Diogo de Couto, Volume 1

Front Cover
Na Regia officina typografica, 1778 - Discoveries in geography
0 Reviews
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Other editions - View all

Common terms and phrases

Popular passages

Page 276 - II Como Vasco da Gama partiu de Lisboa, e do que passou até chegar ao padrão que Bartholomeu Dias...
Page 387 - Porque era tão amassado, e sem a comum semelhança da outra gente que tinham visto, que se tornaram logo os do batel a dar razão do que viram, e que o porto...
Page 317 - ... o qual o recebeo como homem, em cujo peito não havia má tenção ; e em toda a prática que ambos tiveram, que durou hum bom pedaço, tudo foi com tanta segurança d'ambalas partes, como se entre elles houvera conhecimento de mais dias.
Page 391 - Jesus consummada nella ; tanto que daquella terra começou de vir o páo vermelho chamado Brazil, trabalhou que este nome ficasse na boca do povo, e que se perdesse o de Sancta Cruz, como que importava mais o nome de...
Page 384 - Sancho de Toar, filho de Martim Fernandes de Toar ; Simão de Miranda, filho de Diogo de Azevedo ; Aires Gomes da Silva, filho de Pero da Silva ; Vasco de...
Page 287 - E porque quando chegáram hia já grande numero delles, mais em modo de guerra que de paz, mandou-lhes tirar com alguns berços, somente...
Page 41 - ... barca, quebrou aquele antiquíssimo encantamento e mostrou com estranho desengano à Espanha, ao Mundo e ao mesmo Oceano que também o não navegado era navegável; o qual feito ponderando o nosso grande historiador com seu costumado juízo, diz breve e sentenciosamente: "A este seu propósito se ajuntou a boa fortuna*, ou, por melhor dizer, a hora em que Deus tinha limitado o curso de tanto receio, como todos tinham, de passar aquele cabo Bojador...
Page 296 - Quiloa, que estava diante, e da Mina Çofala que ficava atrás, porque a terra em si era de pouco trato, e os naturaes, que eram Negros de cabello revolto, como de Guiné, habitavam na terra firme.
Page 280 - Principalmente com hum astrolabio de páo de tres palmos de diametro, o qual armavam em tres páos á maneira de cabrea por melhor segurar a linha Solar, e mais verificada, e distinctamente- poderem saber a verdadeira altura daquelle lugar ; posto que levassem outros de latão mais pequenos, tão rusticamente começou esta arte, que tanto fructo tem dado ao navegar.
Page 393 - ... dia passado com um mar grosso, empolado, como que vinha feito de longe, armou-se contra o norte um negrume no ar a que os marinheiros de Guiné chamam bulcão, com o qual acalmou o vento, como que aquele negrume o sorvera todo em si, para depois lançar o fôlego mais furioso.

Bibliographic information