A linguagem das flores: Qualquer pessoa pode se transformar em algo belo

Front Cover
Editora Arqueiro, Dec 1, 2011 - Fiction - 304 pages
0 Reviews
Victoria Jones sempre foi uma menina arredia, temperamental e carrancuda. Por causa de sua personalidade difícil, passou a vida sendo jogada de um abrigo para outro, de uma família para outra, até ser considerada inapta para adoção. Ainda criança, se apaixonou pelas flores e por suas mensagens secretas. Quem lhe ensinou tudo sobre o assunto foi Elizabeth, uma de suas mães adotivas, a única que a menina amou e com quem quis ficar... até pôr tudo a perder. Agora, aos 18 anos e emancipada, ela não tem para onde ir nem com quem contar. Sozinha, passa as noites numa praça pública, onde cultiva um pequeno jardim particular. Quando uma florista local lhe dá um emprego e descobre seu talento, a vida de Victoria parece prestes a entrar nos eixos. Mas então ela conhece um misterioso vendedor do mercado de flores e esse encontro a obriga a enfrentar os fantasmas que a assombram. Em seu livro de estreia, Vanessa Diffenbaugh cria uma heroína intensa e inesquecível. Misturando passado e presente num intricado quebra-cabeça, A linguagem das flores é essencialmente uma história de amor – entre mãe e filha, entre homem e mulher e, sobretudo, de amor-próprio.
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Selected pages

Common terms and phrases

About the author (2011)

Vanessa Diffenbaugh nasceu em São Francisco e foi criada em Chico, Califórnia. Após estudar escrita criativa e pedagogia na Universidade Stanford, lecionou arte e redação para jovens de comunidades pobres. Ela e seu marido, PK, têm cinco filhos: Donavan, Tre’von, Sharon, Chela e Miles, sendo três deles adotivos. Vanessa e sua família atualmente moram em Cambridge, Massachusetts.

Bibliographic information