Collecção de monumentos ineditos para a historia das conquistas dos Portuguezes, em Africa, Asia e America, Volume 3, Issue 1

Front Cover
Typ. da Academia real das sciencias, 1862 - Discoveries in geography
0 Reviews
 

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Other editions - View all

Common terms and phrases

Popular passages

Page 79 - Aluares fez hum liuro que leuou ao Reyno, que se emprimio, em que recontou muy grandes cousas muy duvidosas de crer ; mas eu estas tomey de muytas que os nossos...
Page 6 - O qual mandando renouar as sepulturas velhas dos gloriosos Reys seus antecessores, que estauão no mosteiro de santa cruz de Coimbra, desejoso * de * reçositar e memorar seus altos feitos, mandou a Duarte...
Page 319 - Tenreiro em secreto deu boa paga». Partiram de noite, «por nom serem vistos, e caminhou com o piloto, que se rege polos ventos como no mar, porque o caminho é areia, sem estrada nem caminho, nem sinal nenhum, eo piloto de noite polas estrelas faz a sua conta do caminho.
Page 357 - Antonio de Saldanha fez carauellas nouas e duas albetoças pera cada huma tirar hum basilisco por proa e oito pecas grossas polas bandas e por popa».
Page 319 - E concertados se partirão de noite, por nom serem vistos, e caminhou com o piloto, que se rege polos ventos como no mar, porque o caminho he arêa, sem estrada nem caminho, nem sinal nenhum, eo piloto de noite potas estrdlas faz sua conta do caminho.
Page 51 - Principe seu filho, que era homem muy perfeito ; sobre o que o Preste lhe fez muytas perguntas, que muyto folgaua de saber ácerqua do herdamento e regimento que auia quando o Principe era menino.
Page 319 - N'estes dormedarios leuão huns seirões de gune, fortes, em que elles vão assentados e se deitão quando querem, e leuão agoa, biscoito, tamaras seqas, tasalhos de cabras e vaqas cosidos.
Page 385 - E despejada a nao dos doentes e de seus fatos meteo n'ella gente que a leuou a Cochym.
Page 330 - E assy estauão de vagar, até que com a 15a chea de setembro a gente começou 'adoecer de febres, de tal sorte que como cayão nunqua se mais aleuantauão e em pouqos dias morrião, porque erão desemparados das cousas de doentes.

Bibliographic information