Etograma do cervo-pantanal (Blastocerus dichotomus) em cativeiro, com ênfase nas interações sociais e estados de vigilância, alerta e fuga

Front Cover
O cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus) é o maior dos cervídeos sul-americanos e sua distribuição cobria grande parte do território brasileiro. Atualmente esta espécie apresenta retração da área de ocorrência, estando extinta em algumas regiões. As perturbações produzidas pela construção de usinas hidrelétricas têm ameaçado a população da Bacia do Rio Paraná de forma extrema. Neste quadro de risco foram iniciados programas de conservação em cativeiro. Com o propósito de contribuir para a adequada manutenção dessa espécie em cativeiro decidimos estudar seu comportamento, com ênfase nas interações sociais e nos estados de vigilância, alerta, e fuga. Os objetivos do estudo foram: descrever o comportamento do cervo-do-pantanal em cativeiro, com ênfase nas interações sociais e dos estados de vigilância, alerta e fuga, contribuindo para a elaboração do etograma da espécie, e testar as hipóteses de que as relações sociais entre os cervos-do-pantanal são frequentes ecomplexas e de que há variação nos comportamentos segundo o cativeiro. Para isso foram realizadas observações de animais mantidos em três cativeiros: Criadouro Conservacionista Rancho das Hortênsias (4 fêmeas e 3 machos aduttos), Criadouro Cientifico da UNESP l Jaboticabal (3 fêmeas e 1 macho adultos) e Bosque Municipal de Ribeirão Preto (2 fêmeas adultas). As observações foram realizadas durante 5 dias, entre 8.00 e 16.00, com algumas interrupções para de.

What people are saying - Write a review

We haven't found any reviews in the usual places.

Bibliographic information